SONIA GUAJAJARA



Sônia Guajajara é hoje uma das maiores lideranças indígenas e ambientais do mundo.

É coordenadora executiva da Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (APIB) e esteve à frente das principais lutas travadas unificando mais de 305 povos em torno de pautas que combatem os interesses dos setores mais poderosos da sociedade brasileira.

Foram inúmeros enfrentamentos no Congresso Nacional contra uma série de projetos e propostas de emendas constitucionais que visam retirar direitos duramente conquistados e contra os projetos neodesenvolvimentistas dos últimos governos - construção de barragens, estradas e hidrelétricas que ameaçam não apenas suas terras e modos de vidas, mas todas as formas de vidas.

Liderança indígena de fala contundente e reconhecida internacionalmente, fez discurso contra o governo Temer e pela demarcação de terras indígenas durante o Rock in Rio convidada por Alicia Keys. Entregou o prêmio Motosserra de Ouro para Kátia Abreu, à época ministra da Agricultura, em protesto as alterações do Código florestal. Tem voz no Conselho de Direitos Humanos da ONU e já levou denúncias às Conferências Mundiais do Clima (COP) de 2009 à 2017, além do Parlamento Europeu, entre outros órgãos e instâncias internacionais.

Já recebeu vários prêmios e honrarias, entre elas, o Prêmio Ordem do Mérito Cultural 2015 do Ministério da Cultura, entregue pela presidenta da República Dilma Rousseff. Também foi agraciada com a Medalha 18 de Janeiro pelo Centro de Promoção da Cidadania e Defesa dos Direitos Humanos Padre Josimo, em 2015 e ainda a Medalha Honra ao Mérito do Governo do Estado do Maranhão, pela grande articulação com os órgãos governamentais no período das queimadas na Terra Indígena Araribóia.



Já foi tema de vários documentários, notícias em revistas, jornais e telejornais nacionais e internacionais e ainda livros diversos.

Atualmente é coordenadora executiva da Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (APIB) e candidata à co-presidência da República, junto a Guilherme Boulos, pelo PSOL.

 
 

SONIA GUAJAJARA



Sônia Guajajara é hoje uma das maiores lideranças indígenas e ambientais do mundo.

É coordenadora executiva da Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (APIB) e esteve à frente das principais lutas travadas unificando mais de 305 povos em torno de pautas que combatem os interesses dos setores mais poderosos da sociedade brasileira.

Foram inúmeros enfrentamentos no Congresso Nacional contra uma série de projetos e propostas de emendas constitucionais que visam retirar direitos duramente conquistados e contra os projetos neodesenvolvimentistas dos últimos governos - construção de barragens, estradas e hidrelétricas que ameaçam não apenas suas terras e modos de vidas, mas todas as formas de vidas.

Liderança indígena de fala contundente e reconhecida internacionalmente, fez discurso contra o governo Temer e pela demarcação de terras indígenas durante o Rock in Rio convidada por Alicia Keys. Entregou o prêmio Motosserra de Ouro para Kátia Abreu, à época ministra da Agricultura, em protesto as alterações do Código florestal. Tem voz no Conselho de Direitos Humanos da ONU e já levou denúncias às Conferências Mundiais do Clima (COP) de 2009 à 2017, além do Parlamento Europeu, entre outros órgãos e instâncias internacionais.

Já recebeu vários prêmios e honrarias, entre elas, o Prêmio Ordem do Mérito Cultural 2015 do Ministério da Cultura, entregue pela presidenta da República Dilma Rousseff. Também foi agraciada com a Medalha 18 de Janeiro pelo Centro de Promoção da Cidadania e Defesa dos Direitos Humanos Padre Josimo, em 2015 e ainda a Medalha Honra ao Mérito do Governo do Estado do Maranhão, pela grande articulação com os órgãos governamentais no período das queimadas na Terra Indígena Araribóia.

Já foi tema de vários documentários, notícias em revistas, jornais e telejornais nacionais e internacionais e ainda livros diversos.

Atualmente é coordenadora executiva da Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (APIB) e candidata à co-presidência da República, junto a Guilherme Boulos, pelo PSOL.